Sindicato dos Trabalhadores da Indústria da Construção Civil, Manutenção, Montagem, Estradas, Pontes, Pavimentação e Terraplanagem do Estado do Espiríto Santo


Aviso: Homologações

Devido ao transtorno causado pelo COVID-19, as homologações ocorreram somente as terças-feiras das 09:00 às 12:00 horas.

É HORA DE RESISTIR: REFORMA SINDICAL QUER ACABAR COM A JUSTIÇA DO TRABALHO E COM OS SINDICATOS

Data: 08/08/2017

A maldita reforma trabalhista aprovada por Michel Temer (PMDB), com apoio de deputdos e senadores, além da grande mídia (Rede Globo e companhia) e grande empresários do Brasil atacou principalmente toda a proteção legal que os trabalhadores e trabalhadoras tinham com a CLT. Um dos grandes golpes dessa reforma é querer acabar com a Justiça do Trabalho, fazendo com que ela deixe de ter funções. Para isso, a reforma impõe que o negociado prevaleça sobre o legislado. Ou seja, o que está na lei não vai se sobrepor a qualquer abuso cometido por patrões com a desculpa de ter sido negociado. A chantagem do desemprego será a grande moeda dessa chamada negociação.

Além disso, o trabalhador que quiser usar a Justiça para reclamar direitos trabalhistas terá que pagar homorários, pagar perícias e outros absurdos mais. Isso, quando ele puder reclamar, já que há muitos impedimentos e arapucas para que ninguém tenha direito a reclamar direitos.

Outro grande ataque a direitos é o estrangulamento de sindicatos, principalmente com a criação de mecanismos que dificultem a sindicalização e a sustentação financeiras das entidades que representam os trabalhadores. Sem sindicato o trabalhador fica, então, definitivamente, nas mãos dos patrões.

Temer e sua camarilha criaram com essa maldita reforma, o paraíso dos empresários no Brasil.

A ordem agora para a companheirada é resistir. E é a nossa capacidade de resistência e de organização que vai garantir a retomada de nossos direitos. Fique junto com o seu sindicato.

(27) 99696-3966

Rua Pereira Pinto, 37, Centro, Vitória/ES, 29.016-260