Filie-se contato Jornal Telefones Convencao Recepcao
homologacao Fotos Videos Conv�nios juridico campeonato agenda editais

É HORA DE RESISTIR E DE LUTAR. CONTRA A CORRUPÇÃO, POR DIREITOS

Data: 08/08/2017
O Brasil assistiu indignado no dia 02 de agosto a mais um triste espetáculo levado ao ar e ao vivo pela maioria dos deputados e deputadas federais. Comprados a peso de ouro, e com o nosso dinheiro, eles livraram a cara do golpista Michel Temer (PMDB) de ser investigado e julgado pelo Supremo Tribunal Federal.

Na verdade, só escancararam de vez o que tem sido prática em Brasília desde o golpe que aconteceu no ano passado. A corrupção passou a comandar os destinos do país. E eles vão se enriquecendo absurdamente e nem se importando se o legado que vão deixar é de fome, miséria, desesperança, sofrimento e morte. Os deputados federais capixabas Lelo Coimbra (PMDB) e Marcus Vicente (PP) são cúmplices de mais um crime contra o povo brasileiro. E não são, em hipótese alguma, merecedores do título de representantes do povo.

Pelo contrário, jogaram na lata de lixo qualquer forma de compromisso com a seriedade e com a honra. Junto a esse escândalo todo, tem ainda a aprovação da reforma trabalhista. Na verdade, não é uma reforma, e sim o aniquilamento de direitos para os trabalhadores e trabalhadoras, o fim da CLT, da Justiça do Trabalho e o mais duro golpe já aplicado contra os sindicatos.

Não querem que os sindicatos existam. Não querem que os trabalhadores tenham uma representação independente e sem medo de patrões e governos. Esperam ainda ansiosos para roubarem o nosso direito de termos uma aposentadoria mais ou menos decente. Querem que a gente morra de trabalhar e que trabalhe até morrer. É um governo de maldade, de sofrimento e de morte.

Por isso nossa resposta deve ser a nossa resistência. Temos que resistir, como já fizemos tantas vezes em nossa história. A classe trabalhadora nunca se curvou às maldades do capital e de seus lacaios. E nossa resistência se faz no dia a dia, no sindicato, no bairro, na rua, na associação, na luta por uma vida digna, direito de cada um e cada uma de nós. A palavra de ordem agora é RESISTIR. Resistir e LUTAR contra essa canalha que assaltou o poder no Brasil.

E a luta continua!

Carioca
Presidente do Sintraconst.